31/10/2015

Nguni Stick Fighting (South Africa)





                                    Nguni a vara de combate









Nguni, vara de combate, será que você já ouviu falar de Nguni, também conhecido como Donga, ou dlala 'nduku, que literalmente se traduz como " jogando paus " é uma arte marcial habitualmente praticado por adolescente Nguni herdboys na África do Sul.

Cada combatente está armado com duas varas longas, um dos quais é usado para a defesa e outro para o ataque. Pouco armadura é usado.

Dois guerreiros opostos a lutar entre si para estabelecer qual deles é o mais forte ou o "Bull" (Inkunzi).
Nos tempos modernos, isso geralmente ocorre como parte da cerimônia de casamento onde os guerreiros de uso doméstico e área de bem-vindos guerreiros do noivo de agregado familiar e área da noiva para atender a "ficar a conhecer uns aos outros". 


Outros grupos de guerreiros também podem ser convidados a participar. Um "induna" ou guerra Capitão / Árbitro de cada grupo de guerreiros mantém sua equipe na verificação e mantém a ordem entre os lutadores.

As pessoas Suri da Etiópia têm uma cultura feroz em que ficar lutando - chamado donga ou saginay - desempenha um papel importante.Tradicionalmente uma maneira para os homens jovens para impressionar as meninas é uma demonstração de bravura e um desejo de se tornarem guerreiros gado. Muitas vezes raspada, e freqüentemente vestindo pouca ou nenhuma roupa, os homens batalha para fora com pouca consideração por lesão ou a possibilidade real de ser morto.


Luta da vara é um termo genérico para as artes marciais que usam simples longo e fino, sem corte, de mão, geralmente de madeira "fura" para lutar como uma equipe, bastão, vara de passeio, bastão ou similar.

Algumas técnicas também pode ser usado com um guarda-chuva resistente, ou mesmo uma espada na bainha, mas as armas mais grossas e / ou mais pesado sem corte.

Fonte: en.wikipedia.org     Fotos: www.google.com.br     Vídeo: www.youtube.com

24/10/2015

Pencak Silat (Indonesian Martial Art)






                                                     Silat












Pencak silat, é um termo genérico para uma classe de artes marciais originárias do arquipélago indonésio .

É uma forma de luta de corpo inteiro além de armamento. Cada parte do corpo está sujeita a ser atacada e usadas para ataque.

Pencak silat foi praticada não só para a defesa física, mas também para a consecução dos fins psicológicos.

As pessoas do grupo de etnia Malay vem treinando neste sistema de luta. Inicialmente foi desenvolvido pencak silat a partir de observações de movimentos dos animais e ambiente natural.

Pencak silat foi usada para defesa contra bandidos e tribos de fora do arquipélago. Além disso, ele foi usado para proteger a família e sua honra. 


Pencak silat está intimamente ligada à história da Indonésia e teve um impacto significativo sobre o crescimento do arquipélago.
Por haver uma grande diversidade cultural na Indonésia, o silat indonésio possuía variações em cada região onde era praticado. Essas variações transformaram-se nas diferentes escolas e estilos de silat indonésio.

Por se tratar de lugar onde existia diversos grupos étnicos, muitas vezes com idiomas ou dialetos próprios, cada comunidade Indonésia utilizava um termo para referir-se a essa arte marcial vulgarmente chamada de silat.

Conheça um pouco mais desta arte marcial "Silat" e o ator IKO UWAIS.

Fonte; pt.wikipedia.org    Fotos: www.google.com.br    Vídeo: www.youtube.com


03/10/2015

SUMÔ - 相撲


                                                   


                                                     Sumô - 相撲








O sumô é o esporte nacional do Japão, figurando no livro Kojiki (crônica do passado) de 712 d.C.




O sumô praticado atualmente segue exatamente as tradições e regras estabelecidas há séculos. Por isso, continua homenageando os deuses, pedindo proteção e rezando para uma boa colheita, como se fazia antigamente.



A luta em si é simples: trava-se dentro de um círculo de 4,56 m de diâmetro sobre chão de terra batida, muito dura, e perde a luta quem sair do círculo ou tocar o chão com qualquer parte do corpo que não seja a sola do pé. Uma luta pode levar de alguns segundos a até 3 minutos no máximo. Em média 30 segundos.



A referência mais antiga do Sumô é do século 2 a.C., há mais de 2 mil anos. Esta luta é marcada por rituais do xintoísmo - manifestação religiosa originada na pré-história do Japão. As cerimônias que antecedem os combates fazem referência a tradições dessa fé. 



Dois mitos explicam a origem do sumô: ele seria influenciado pela observação dos duelos entre ursos da ilha de Hokkaido ou relembraria o desafio entre os deuses Takemikazuchi e Takeminakata pelo controle das ilhas da costa de Izumo. 



Torneios regulares rolam desde pelo menos o século 8 e o ringue circular surgiu no século 16. Antes disso, as disputas aconteciam em qualquer lugar aberto, e o objetivo era jogar o rival ao chão. Até o século 17, os sumotori (praticantes) usavam mais roupa que os atuais. Desde lá, pouco mudou, e, no Japão, os profissionais são idolatrados.
As categorias são divididas por sexo, idade (pra atletas até 19 anos) e peso (para adultos):

Mirim (até 13 anos)
Infantil (13 a 16 anos)
Juvenil (16 a 19 anos)
Leve (85kg para homens e 65kg para mulheres)
Médio (85kg a 115kg para homens e 65kg a 85kg para mulheres)
Pesado (acima de 115kg para homens e acima de 85kg para mulheres)
Absoluto (sem limite de peso)

Vale ressaltar que no Japão e em vários outros países, só existe a categoria absoluta, por razões de tradição.


Pesquisa: silveira

Fontes: culturajaponesa.com.br/ mundoestranho.abril.com.br/ papodegordo.com.br/

Fotos: www.google.com.br  Vídeo:www.youtube.com